Entrar | Registo

Blog

Andar na RUA é COOL by Revista RUA

Nasceu como Bracara Augusta onde cresceram as primeiras ruas da cidade: as vias romanas. Em Braga há ruas para todos os gostos e vamos apresentar as mais COOL para a equipa da Revista RUA. Imaginamos que chegaste de comboio à estação de Braga. Estás bem perto do centro histórico. Se adoras passear e não tens medo da chuva (é verdade que Braga é o penico do céu) esta é cidade ideal.

Dirige-te pela rua Andrade Corvo e vira à esquerda. Não podes deixar de visitar o Museu dos Biscaínhos, um antigo palácio fundado no século XVII e transformado na 1ª metade do século XVIII. Em 1978 foi convertido em Museu. Dá uns passinhos para trás e segue em direção ao Arco da Porta Nova. Este monumento ligava a cidade medieval à parte de fora das muralhas que rodeavam a cidade. Esta é uma das ruas principais e onde vais encontrar casa típicas e bastante comércio, assim como lojas e cafés. Nos tempos mais recentes é habitual ouvir músicos de rua que vão compondo a banda sonora da cidade. Também ouves os sinos que tocam das mil e uma igrejas cá presentes. “É mais velho que a Sé de Braga”, a expressão diz muito pois é na terceira maior cidade de Portugal que se encontra a catedral mais antiga do país, a Catedral da Sé de Braga. É um sítio a não perder. Se fores aventureiro, vira à esquerda e aventura-te pelas pequenas ruas da Sé, são encantadoras. Faz uma pausa e experimenta os produtos exclusivamente portugueses no Mercado da Saudade. Pela noite, poderás voltar ao mesmo espaço, em frente à Sé de Braga, uma rua que se transforma apresentando-se como um belo lugar para apreciar uma bebida, um café, ouvir concertos de música, conversar ou relaxar pela noite dentro.

Sobe a rua do Souto. Nesta rua podes encontrar uma grande variedade de locais para comer, desde deliciosos hambúrgueres, comida tradicional portuguesa e pastelarias com iguarias bracarenses, assim como comércio tradicional. Na rua D. Diogo de Sousa encontras o café A Loja dos Pastéis de Chaves onde podes provar esta especialidade e subindo até o topo da rua do Souto há deliciosos gelados para comer. Para os mais atrevidos uma ida ao Bananeiro na Rua do Souto é obrigatório.

O Jardim de Santa Bárbara fica colado à parte medieval do Paço Episcopal Bracarense. No meio do jardim, bastante florido, há uma fonte do século XVII com uma imagem de Santa Bárbara. Aqui perto está uma das rua preferidas da equipa da revista Rua, a rua dos Capelistas, uma das principais ruas comerciais no centro histórico de Braga. É aqui que podes encontrar a redação da revista e quando a fome aperta temos sempre o Ferreira Capa, uma casa antiga no coração de Braga que continua a ser uma das grandes pastelarias da cidade. Estão sempre prontos para nos receber com muitos sorrisos.

Já é altura de pararmos e pensar onde poderemos jantar. O restaurante Bem-Me-Quer é uma referência da gastronomia regional minhota. Com um espaço agradável e intimista poderás desfrutar de uma refeição agradável, num ambiente acolhedor. Fica no Campo das Hortas perto do Arco da Porta Nova que já ficaste a conhecer e assim voltamos ao ponto de partida.

Há muitas outras ruas para descobrir e desfrutar. Há muita oferta em Braga. O majestoso Theatro Circo, com 100 anos de existência é um dos ex-libris da cidade. Na Avenida da Liberdade há uma variedade de lojas de roupa, decoração, calçado e é uma das principais artérias da cidade. Não achamos muito cool subir o escadório que nos leva ao Santuário do Bom Jesus do Monte, por isso aconselhamos uma subida pelo elevador do Bom Jesus, o primeiro funicular construído na Península Ibérica, e atualmente o mais antigo em serviço no mundo a utilizar o sistema de contrapeso de água.

#NEWYORKCOOL

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool

#lisboacool