Restaurante Kianda | Braga Cool
Entrar | Registo

Comer > Restaurantes

BragaCool_Comer_Restaurante_Kianda

Restaurante Kianda

Angola aqui ao pé

O Restaurante Kianda nasceu de um desejo de infância que passou de sonho a realidade. Mesmo junto ao Arco da Porta Nova, a angolana Eliane decidiu abrir um espaço onde a cultura gastronómica do seu país se pudesse fundir com os sabores de Portugal – e o resultado é incrível.

O nome vem da lenda da Sereia Kianda, que passando pela ilha de Luanda viu um pescador pobre e o ajudou a encontrar riqueza. Cego pelas posses materiais, foi raptado pela mesma sereia para o fundo do mar e nunca mais foi visto. É esta mensagem de humildade que o Kianda nos passa – aliás, um poema na parede diz-nos isto mesmo.

Aqui somos recebidos com um sorriso, num lugar onde a música e a decoração nos levam até Angola. Tudo tem um cunho muito pessoal e foi pensado ao pormenor – desde os papéis de parede, aos macaquinhos dos candeeiros, ou os candeeiros forrados com um padrão tradicional, no Kianda nada é deixado ao acaso.

A cozinha é de fusão e surpreende pela inovação. Entre pratos tão tradicionais como o Mufete de Banda, encontramos apostas tão portuguesas como o robalo ao sal. A liberdade de criação permite experimentar e criar novas apostas, e os nomes de alguns pratos remetem para mesmo memórias de Angola, como é o caso do Pincho da D. Cecília – mas esta é uma história para descobrir na sua visita! Na nossa, começamos por provar o camarão ao alho e malagueta, diferente de tudo aquilo que já comemos, e as moelas em óleo de palma, rainhas de um sabor excecional. Depois, provamos dois pratos que não podemos deixar de recomendar: o Lombo de Boi, servido com farofa e batata, e a tradicional Moamba de Galinha com farinha de mandioca e um molho picante muito especial, oriundo de Angola. Para fechar com chave de ouro, provamos a Panacotta de Vinho do Porto (inesquecível!) e o Icebergue de Manga, com um maravilhoso gelado produzido no Kianda.

Também a carta de vinhos satisfaz os mais exigentes, todas as propostas são portuguesas e apresentam o melhor de cada região. A equipa vai ajudá-lo a decidir qual a melhor sugestão para acompanhar o seu prato. Durante a semana, ao almoço, há um menu executivo para lhe dar energia para mais uma tarde de trabalho. Este inclui o couvert, uma entrada (sopa), um prato de carne ou peixe, bebida, e café – tenha atenção às redes sociais do Kianda e descubra em que dia pode encontrar o seu prato favorito. Este é o sítio certo para petiscar, almoçar, jantar ou apenas juntar os amigos - o Kianda aceita reservas até 30 pessoas.

Dica Cool: No final do seu jantar, deixe-se ficar pelo bar e prove o Gin Kianda! Além de ser o primeiro gin produzido em Angola e de surpreender pelo sabor, este é o único sítio no país onde o pode encontrar.

Horário

Segunda-feira: das 19h00 às 23h00.
De terça-feira a quinta-feira: das 12h00 às 14h00 e das 19h00 às 23h00.
Sexta-feira e sábado: das 12h00 às 14h00 e das 19h00 às 24h00.